A Unidade Coordenadora Central (UCC) funciona como órgão de coordenação dos esforços interorganizacionais em articulação com a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), I.P., a Direção Geral de Saúde (DGS), e as Administrações Regionais de Saúde (ARS).
Tem como objetivos macro coordenar, regular e apoiar a prestação de serviços de telessaúde.

A UCC coordena as Unidades Temáticas de Prestação de Cuidados de Saúde, a Unidade de Desenvolvimento e Investigação e a Unidade de Teleformação.

As Unidades Temáticas de Prestação de Cuidados de TeleSaúde (UTPCT) são coordenadas ao nível da UCC com o objetivo de assegurar a prestação de serviços clínicos de telessaúde, em articulação com unidades prestadoras de cuidados de saúde do Serviço Nacional de Saúde, ou com outras formas de prestação, recorrendo às tecnologias de informação e comunicação.

Atendendo à diversidade organizacional e operacional das diferentes áreas temáticas em telessaúde, são constituídas, sem prejuízo de outras que futuramente venham a ser criadas, as seguintes UTPCT:

  • A unidade temática de telerrastreio;
  • A unidade temática de teleconsulta;
  • A unidade temática de teletriagem;
  • A unidade temática de telediagnóstico;
  • A unidade temática de teleassistência, incluindo a telemonitorização,

Proposta de Valor

  • Proporcionar a prestação de cuidados ao cidadão sem necessidade de presença física, via tecnologias de informação e comunicação
  • Aumentar a acessibilidade, conforto e autonomia para o cidadão em termos de distância geográfica e/ou de tempo
  • Aumentar a equidade no acesso a cuidados especializados
  • Permitir a disseminação de conhecimento especializado entre profissionais de saúde
  • Potenciar a eficiência e sustentabilidade de recursos do SNS

 

A Unidade de Teleformação (UTF) presta serviços na área da Teleformação para profissionais, utentes e cuidadores informais recorrendo às tecnologias de informação e comunicação.

Proposta de Valor

  • Proporcionar formações em saúde e/ou Telessaúde a profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, técnicos, etc.) e cidadãos sem necessidade de presença física, via tecnologias de informação e comunicação
  • Estabelecer a ligação entre formador e formando através de uma plataforma de Teleformação, robusta, segura e fiável
  • Promover a literacia em saúde
  • Fomentar a consciencialização e a capacitação pública para a promoção da saúde, prevenção e gestão da doença bem como a gestão de cada doente

A Unidade de Desenvolvimento e Investigação em TeleSaúde (UDITS) promove o desenvolvimento, a formação e a investigação em projetos nacionais e internacionais na área da Telessaúde. Neste âmbito, estabelece parcerias com as demais instituições do SNS, a Academia, a Indústria e a Sociedade civil.

Proposta de Valor

  • Desenvolver e investigar produtos e práticas inovadoras de Telessaúde;
  • Apoiar a transferência de conhecimento da academia para o CNTS e SNS;
  • Potenciar a comercialização de produtos, serviços e patentes;
  • Potenciar o desenvolvimento e a investigação em Telessaúde, através de financiamento por fundos comunitários ou outros.