O papel que a SPMS tem desenvolvido no Ć¢mbito da telessaĆŗde vem referenciado como um bom exemplo de desenvolvimento da telemedicina atravĆ©s da governanƧa, num artigo publicado pela OrganizaĆ§Ć£o para a CooperaĆ§Ć£o e Desenvolvimento EconĆ³mico (OCDE).

O destaque de caixa intitulado ā€œTelemedicine promotion through governance: an exemple from Portugalā€, aparece na pĆ”gina 40 do documento de trabalho ā€œBringing health care to the patient. An overview of the use of telemedicineā€ in OECDā€, da autoria de Tiago Hashiguchi, e apresenta o trabalho desenvolvido pela SPMS no sentido de estabelecer uma rede vantajosa de suporte Ć  utilizaĆ§Ć£o da telessaĆŗde e da telemedicina em Portugal.

Portugal aparece referenciado como tendo realizado um importante e sustentado esforƧo para proporcionar orientaĆ§Ć£o e apoio a programas de telemedicina, promovendo a clarificaĆ§Ć£o de papeis desempenhados e planeamento de processos.

A SPMS Ć© destacada pelos serviƧos disponibilizados ao ServiƧo Nacional de SaĆŗde, nas Ć”reas de Compras PĆŗblicas, ServiƧos Financeiros e os Sistemas de InformaĆ§Ć£o TecnolĆ³gicos, no sentido de otimizar e centralizar a compra de bens e serviƧos em saĆŗde. O Centro Nacional de TeleSaĆŗde (CNTS), sob a alƧada da SPMS, Ć© apresentado como um centro que promove a inovaĆ§Ć£o e a utilizaĆ§Ć£o dos Sistemas de InformaĆ§Ć£o para aproximar os cidadĆ£os aos profissionais de saĆŗde, apoiando a utilizaĆ§Ć£o regular dos serviƧos de telessaĆŗde.

A SPMS e o CNTS sĆ£o ainda identificados como as entidades responsĆ”veis pela elaboraĆ§Ć£o do Plano EstratĆ©gico Nacional para a TeleSaĆŗde, que estĆ” alinhado com o programa governamental nacional e com a EstratĆ©gia Europeia Health 2020.

O sistema PortuguĆŖs Ć© referenciado vĆ”rias vezes ao longo do documento, que apresenta os resultados de um questionĆ”rio realizado em 28 paĆ­ses membros da OCDE, e que reflete as condiƧƵes de utilizaĆ§Ć£o da telemedicina nestes paĆ­ses.

Para uma leitura mais extensa aceda ao RelatĆ³rio da OCDE